Poderíamos dizer que é uma questão de escolha, mas uma boa escolha só é possível a partir de uma oportunidade.

De acordo com informações da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), 2,8 milhões de brasileiros deixaram de ter plano de saúde entre dezembro de 2014 e janeiro de 2017. Desde então, eles devem responder, seguramente, a uma pergunta: Sistema Único de Saúde (SUS) ou consultas particulares?

A escolha, naturalmente, é pelas consultas particulares. Entretanto, os mesmos motivos que fizeram esses quase 3 milhões de brasileiros a perderem o benefício do plano de saúde tiram deles também a oportunidade de um atendimento particular.

Seja o desemprego de uma pessoa ou da família toda ou a queda acentuada do poder de compra que exige contenção de despesas de forma incisiva. O caminho seguido muitas vezes não parte da escolha, mas da necessidade, já que uma oportunidade nem sempre surge.

É verdade que o Ministério da Saúde anunciou projeto de “planos de saúde populares”, mas com cobertura inferior ao que é exigido pela ANS. Alguém mais vê um conflito aí? Quem será que “manda mais”? ANS ou Ministério da Saúde? Qualquer fiscalização já cassaria esse plano popular.

Mas, quem é de Bauru ou tem possibilidade de deslocamento à cidade conta com uma oportunidade de passar por uma consulta médica particular pagando um preço popular, que se adequa à realidade dessas pessoas. E ainda contribui com projetos humanitários.

O Salus

O Salus é uma startup e não plano de saúde. Não cobra taxa de adesão, nem mensalidade ou anuidade. É totalmente gratuito.

O único investimento a ser feito é pelo atendimento, diretamente ao médico ou clínica. E nada mais.

O investimento é tabelado entre R$ 40,00 e R$ 120,00 e abrange mais de 20 especialidades, incluindo quiropraxia, RPG e acupuntura, nem sempre cobertos pelos planos de saúde tradicionais. Esse valor contempla ainda o retorno.

Diferenciais

Enquanto pelos planos de saúde você depende das “liberações do sistema” ou cota de atendimento do médico para essa modalidade, pelo Salus você é atendido rapidamente, se enquadra como particular. Apenas paga um preço mais de acordo com sua possibilidade.

E tem mais: quem faz o agendamento via aplicativo para Android ou iOS pode avaliar o profissional da saúde. Dessa forma você ajuda a outros usuários a escolherem o médico que vai atendê-los.

O Salus não fica só na consulta médica

O Salus também oferece exames clínicos e checkups diversos que contemplam a consulta médica. Não faria sentido pagar preço popular só na etapa inicial de todo o processo pela sua saúde, não concorda?

Saiba mais

Para ter mais informações sobre Salus, baixar o aplicativo móvel, agendar consulta, saber as especialidades e os exames contemplados, bem como acessar a um blog com conteúdo relevante na área da saúde, acesse www.salusapp.com.

Sem comentários.